10 ensinamentos do Papa Francisco para os leigos

O Ano do Laicato é um período para a constante reflexão de como o leigo pode contribuir cada vez melhor e de maneira mais eficaz para a evangelização.

Veja o que o Papa Francisco ensina sobre a vivência e atuação do leigo na Igreja Católica:

   1 – A liderança e o diálogo que constroem

“Entre a indiferença egoísta e o protesto violento, há uma opção sempre possível: o diálogo. O diálogo entre as gerações, o diálogo com o povo, a capacidade de dar e receber, permanecendo abertos à verdade”. (Papa Francisco – Encontro com líderes civis, na XXVIII JMJ, em 27 de julho de 2013).

 2 – A evangelização que se abre a todas as culturas

“A evangelização da cultura requer que entremos no coração da própria cultura, para que esta seja iluminada a partir de dentro pelo Evangelho”.

(Papa Francisco – Encontro com bispos no Peru, em 21 de janeiro de 2018).

 3 – A oração que deve invocar o Deus Pai

“É sentir o olhar do Pai sobre mim, sentir que aquela palavra “Pai” não é um desperdício como as palavras das orações dos pagãos: é um chamado para Aquele que me deu a identidade de filho. Este é o espaço da oração cristã”. (Papa Francisco – Santa Marta, em 16 de junho de 2016).

 4 – Jesus Cristo é inspiração de cuidado com os pobres

“Evangelizar os pobres: esta é a missão de Jesus; esta é também a missão da Igreja e de cada batizado na Igreja. Ser cristão e ser missionário é a mesma coisa. Anunciar o Evangelho, com a palavra e, antes de tudo, com a vida, é a finalidade da comunidade cristã e de cada um dos seus membros”. (Praça de São Pedro, em 24 de janeiro de 2016).

 5 – A abertura para a evangelização dos imigrantes

O encontro com migrantes e refugiados de outras confissões e religiões é um “terreno fecundo para o desenvolvimento de um diálogo ecumêénico e inter-religioso sincero e enriquecedor”. (Audiência no Vaticano com responsáveis nacionais pelas migrações, em 22 de setembro de 2017)

  6 – Contemplar Maria também como seguidora de Seu Filho

“Maria toda a vida viveu com a alma transpassada. Seguia Jesus e ouvia os comentários das pessoas, às vezes a favor, às vezes contra, mas sempre esteve atrás de seu Filho. E por isso dizemos que é a primeira discípula”. (Santa Marta, em 15 de setembro de 2017)

 7 – Estratégias para combater a corrupção

Combater as máfias significa não só reprimir. Significa também recuperar, transformar, construir”. (Audiência no Vaticano com os membros da Comissão Parlamentar italiana Antimáfia, em 21 de setembro de 2017).

 8 – A riqueza que há dentro da família

“A família é a união harmônica das diferenças entre homem e a mulher, que é tanto mais verdadeira e profunda quanto mais é generativa, capaz de se abrir à vida e aos outros”. (Audiência no Vaticano com a Comissão dos Episcopados da Comunidade Europeia – – COMECE, em 28 de outubro de 2017).

9 – A responsabilidade dos jovens na evangelização

“(…) Iintegrados nas vossas comunidades, não tenhais medo de arriscar e de se comprometer na construção de uma nova sociedade, permeando, com a força do Evangelho, os ambientes sociais, políticos, económicos e universitários!” (Carta aos jovens brasileiros por ocasião do encerramento do “Projeto Rota 300”, em 29 de julho de 2017)

 10 – Os idosos oferecem a sabedoria da vida

“Um povo que não protege os avós e não os trata bem é um povo que não tem futuro! São os idosos que oferecem a sabedoria da vida” (Vídeo-mensagem Rede Mundial de Oração do Papa, 4 de dezembro de 2017).

 

E então, se identificou com os ensinamentos do nosso Ppapa? Então compartilhe com seus amigos!

 

%d blogueiros gostam disto: